Blog dos Enviados

12/07/2010

Até a próxima

 

Do Centro de Treinamento do Atlético-PR, em Curitiba, ao Soccer City, em Johanesburgo, foram 54 dias almoçando, jantando e respirando Copa do Mundo. Do mau humor de Dunga à felicidade de Casillas, foram 54 dias focados exclusivamente no esforço de entender e traduzir o Mundial em palavras e imagens.

Cada um de nós quatro, o pequeno mas guerreiro time do UOL na África do Sul, vai guardar lembranças diferentes do Mundial. Essa é uma das graças do futebol. Mas temos a mesma sensação do dever cumprido. Com a ajuda fundamental da equipe baseada em São Paulo, temos a certeza que fizemos o máximo possível para levar ao leitor o que de mais importante, interessante, inusitado e bizarro aconteceu na Copa.

No momento em que concluímos nosso trabalho na África do Sul, convidamos o leitor a ler o balanço que fizemos no texto ABC da Copa, no qual, de alguma maneira, dividimos algumas das experiências e sensações que tivemos ao longo deste tempo.

E aproveitamos para agradecer a todos pelos comentários, críticas e sugestões feitas ao longo do período. Valeu!

(Alexandre, Bruno, Flavio e Mauricio)

Por Blog dos Enviados às 11h06

11/07/2010

Final será vista por 1.069 jornalistas e 304 fotógrafos

Um dos termômetros do interesse gerado pela partida final da Copa do Mundo é o número de jornalistas habilitados pela Fifa para assistir a partida dentro do Soccer City. Um total de 1.069 repórteres de sites, jornais e revistas receberam ingresso para o jogo, mais que o dobro do que em outras partidas disputadas no mesmo estádio. A partida entre Brasil e Costa do Marfim, por exemplo, foi assistida por 439 jornalistas credenciados.

O maior contingente de jornalistas de um mesmo veículo é do jornal brasileiro “O Globo”, com 15 profissionais, seguido do argentino “Clarin”, com 12. O diário holandês “De Telegraaf” vai ver a partida com seis jornalistas, enquanto o espanhol “El Pais” terá cinco representantes no estádio. O diário esportivo italiano “Gazzetta dello Sport” tem nove e o francês “L´Equipe”, oito.

Dos 1.069 jornalistas, 83 representam veículos brasileiros, de quase todos os Estados do país. O segundo maior contingente é de jornalistas da “Folha de S.Paulo” (10).  

O número de fotógrafos credenciados pela Fifa para a final é menor. No campo, serão 197 profissionais, enquanto na tribuna de imprensa haverá 107.

(Mauricio Stycer)

Por Blog dos Enviados às 12h38

Convencendo Carlos

Com um timing de lançamento discutível, estreou na última semana em Johanesburgo um espetáculo teatral denominado Convincing Carlos (Convencendo Carlos), um show de um homem só a respeito de uma fantasiosa história de um torcedor sul-africano que vai ao Brasil na missão de fazer Parreira voltar ao comando dos Bafana Bafana.

O homem por trás do espetáculo é Mpho Osei-Tutu (foto acima), que interpreta o torcedor Sechaba (que vai ao Brasil atrás de Parreira), além de um punhado de personagens secundários. Um deles é Michael Jackson, um traficante de drogas que guia o visitante sul-africano através de uma favela do Rio de Janeiro.

Na peça, Sechaba decide ir ao Brasil convencido de que Parreira precisa retomar seu cargo na seleção sul-africana, no lugar de Joel Santana, por entender que ele é o único homem capaz de liderar os Bafana Bafana ao triunfo na Copa de 2010.

Questionado sobre a estreia da peça já com a África do Sul fora do Mundial, o criador do espetáculo procura desvincular a trama do torneio da Fifa.

"Eu definitivamente acho que ainda é pontual. Não é uma produção para a Copa do Mundo. A peça é sobre obsessão, família e correr riscos. A mensagem é universal e não especificamente ligada ao torneio", disse o autor ao jornal sul-africano Times.

Foto: Reprodução/Times.ZA

(Bruno Freitas)

Por Blog dos Enviados às 07h36

Sobre o blog

Alexandre Sinato, Bruno Freitas, Flávio Florido e Maurício Stycer estão na África do Sul e trarão neste espaço pílulas, curiosidades e reflexões sobre o dia a dia da seleção brasileira e a cobertura da Copa do Mundo.

© 1996-2010 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.